15 agosto 2012


- Eu não gosto nunca de nada e gostei tanto de você...
- É?
- Droga!
- O quê?
- Eu falando de gostar.
- E daí?
- E daí que vai acontecer tudo de novo...
- O quê?
- Vou sentir demais, falar demais, escrever demais... você vai embora.
(Tati Bernardi)

Nenhum comentário: