24 maio 2011

Sem rumo, sem intenção.




"A leitura de um bom livro é um diálogo incessante: o livro fala e a alma responde." (André Maurois)


Quem me conhece sabe que literatura é meu forte. Independente de qual lado eu me encontre, seja como leitora ou escritora.
Porém, preciso confessar que me considero muito melhor como leitora. Adoro ler e me perder nas páginas de um livro. Tornou-se um vício!
Não posso visitar livrarias que tenho que sair com pelo menos um livro dentro da sacola, além de carregar no rosto um sorriso quase infantil.

Os sintomas desse vício literário são tão graves, que eu acabo me tornando intima dos personagens. Então, não se surpreenda se me pegar rindo, chorando ou completamente desligada do mundo ao redor enquanto estou lendo. Consigo me desprender de qualquer coisa quando estou mergulhada em páginas e letras impressas. Ao ler um livro, eu me liberto de preconceitos e “achismos”, permitindo-me conhecer e explorar um mundo que só pertencia, até então, na mente de outra pessoa: O escritor!
Vai ver esse é o verdadeiro significado da literatura, fazer com que o leitor conheça estórias que somente a sua imaginação pode criar.
Toda essa liberdade me fascina!

Precisamos desmitificar a ideia que um livro é somente um amontoado de papéis.
Quando tenho um novo livro em mãos, sigo um ritual quase exagerado. Gosto de analisar a capa, pois ela me permite uma leitura prévia de tudo que será apresentado. Leio o título, a descrição do autor, a sinopse... Ok, eu sei. Parece loucura, mas não é! O nome disso é paixão.
Amo me encolher entre travesseiros e lençóis acompanhada de um livro recheado de emoções. A imaginação não tem limites!

Caso você seja louca como eu, irá entender o seguinte ponto de vista: Nenhum filme nunca conseguirá ser fiel e encantador, quanto o livro do qual a história foi adaptada.
Sério, já tentei assistir vários filmes que traziam a história do livro para as telas e detestei!
Acho fundamental que a pessoa leia o livro antes de assistir o filme. Assim, poderá criar em sua mente todo o cenário, os personagens e conhecer a estória completa, sem edições. Conhecerá a estória da forma que o autor quis apresentar-lhe, sem intervenções.
Talvez seja por isso, que também adoro escrever. É a mágica de viver outras vidas e conhecer outros lugares, sem ao menos sair do lugar.

Quero agradecer imensamente cada pessoa que visita esse meu espaço e se permite guiar através da minha imaginação. Obrigada pelo carinho e respeito!
Para uma leitora metida à escritora, 1000 visitas é um grande número alcançado.

Beijos e deixem-se guiar...

Tassya.

Nenhum comentário: