10 novembro 2010


Mulherada, o que afinal vocês querem???

Na verdade o meu texto de hoje nada tem haver, diretamente, com a pergunta acima. Refletindo sobre o dia de ontem e seus acontecimentos, cheguei à triste conclusão de que a maioria de nós, mulheres, vivem para entender o que os homens querem e esquecemos-nos de olhar para os nossos olhos através do espelho... Nos abandonamos.
Ontem, depois de ver aquela mulher traída apanhando e batendo, passando vergonha na rua, sendo humilhada pelo próprio marido quando ele se colocava ao lado da amante e ainda por cima sendo presa, eu percebi que a mulher é muito burra.
Ao descobrir a traição, ela deveria ter marcado um horário no salão e só ter saído de lá com cabelos mudados e com uma maquiagem caprichada, deveria ter passado em uma loja de roupas boas e comprado tudo que a deixasse sexy e linda. Comprado um perfume novo para esquecer os antigos cheiros, e se daria de presente uma aliança nova, sendo que essa marcaria o inicio de uma união eterna e estável, consigo mesma. Ah sim, tudo isso com o talão ou cartão de crédito dele! ;)
Ela voltaria para casa e esperaria pelo ordinário. Quando ele chegasse a encontraria linda, perfumada e poderosa. Com a voz tranqüila e segura ela informaria que queria o divórcio, viraria as costas e sairia. Agora imaginem a reação do marido sozinho dentro daquela casa. Imaginem a ficha dele caindo... Aos poucos.
Ai sim eu aplaudiria de pé a reação dela e gostaria de estar de camarote assistindo a tudo.

Meninas, a gente não precisa esperar passar por situações como essas para entendermos que o valor pessoal é a gente que se dá. Não se anulem, não se escondam atrás de namorados e maridos. Tenham personalidade, atitude!
Não dê valor maior do que eles realmente mereçam receber de vocês, não substitua os seus amigos pelos amigos dele, não guarde horas do seu dia só para ele, esperando ele aparecer (se aparecer)... A preferência é sempre sua.
Se cuide, se arrume, não desista de você... Não espere o vaso quebrar para tentar juntar os cacos.

Uma coisa é certa, ninguém é insubstituível... Hoje você está onde está, mas amanhã pode haver outra pessoa em seu lugar.

Seja realista. Valorize-se!

Tassya.


Ps.: Completando sete meses de namoro hoje.

Nenhum comentário: