10 novembro 2010


Muito prazer... Ele é todo seu!

Eu sou daquele tipo de pessoa que trava na hora de gritar. Que ouve mais do que fala, mas quando fala poupa idiotices. No entanto, sou do tipo de pessoa extremamente idiota. Que vê carneiro em nuvens, que brinca com qualquer coisa, protege insetos e é louca por maquiagens.
 O tipo de pessoa que nunca soube resumir qualquer coisa. Que tem a auto-estima mais oscilante que um passeio de barco em alto mar. Que encontra forças no último minuto, mas encontra. Inclusive sou aquele tipo de pessoa que já deu e levou porrada na vida. Que vê detalhes em todo mundo, não desliga um segundo e está atenta a tudo e a todos em sua volta.
Eu sou o tipo de pessoa que não te deixaria na mão. Mas que erraria uma vez ou duas. E no fim, acertaria da melhor forma... Pelo menos tentaria. O tipo de pessoa que dá o melhor de si, seja pra pregar um botão, seja pra curar teu choro, seja pra aprender mais uma vez. Que sabe pedir desculpas.
Sou o tipo de moça que prefere escrever a praticar esportes. Que prometerá ir à academia até a extrema-unção. Que adora velocidade e vidros abertos. Que dança até quando está sentada. Que possui o irritante dom de perdoar e o incomodo dom de amar intensamente.
Sou daquele tipo de pessoa que se emociona com pequenos gestos. Que sai do sério com apenas uma grosseria. Que já se viu em tantas posições nessa vida, que a tal biografia seria compatível com o kamasutra... Ah, o tipo que tenta te fazer sorrir com um trocadilho mais besta.
O tipo de menina que consegue achar romantismo em qualquer porcaria. Que adora Akon, mas quase chora ouvindo Cazuza e Maria Gadú.
Esse tipo de gente eternamente insatisfeita. Decididamente indecisa. Insistentemente sonhadora. Irremediavelmente impulsiva. Assustadoramente sensível.

Nenhum comentário: